Criação e Instalação do TRT da 24ª Região

 Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região foi criado pela Lei n. 8.431, de 9 de junho de 1992, tendo sido instalado em 8 de janeiro de 1993, em concorrida solenidade na Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul, da qual participou o então Presidente do Tribunal Superior do Trabalho, Ministro Luiz José Guimarães Falcão.


a ocasião, foram investidos nos cargos de Juízes Togados do Tribunal Márcio Eurico Vitral Amaro, como Presidente da Corte que se instalava, Abdalla Jallad, advogado e Vice-Presidente, André Luís Moraes de Oliveira, Daisy Vasques, Geralda Pedroso, e nos cargos de Juízes Classistas Idelmar da Mota Lima, representante dos empregados, e Antônio Falcão Alves, representante dos empregadores, tendo como suplentes Nelson Azambuja Almirão e Luís Araldo Skibinski, respectivamente. O Membro representante do Ministério Público do Trabalho só viria a integrar o Tribunal no ano seguinte.


o início, a sede do Tribunal funcionou, por meio de contrato de locação, no Edifício do Centro Empresarial Afonso Pena, à Av. Afonso Pena, 2440, região central de Campo Grande, até o dia 28 de julho de 1994.


pós esse período inicial, a sede do Tribunal se transferiu para o seu primeiro edifício próprio, situado à Rua Jornalista Belizário Lima, 418, Vila Glória. Naquele momento, o prédio comportou todas as unidades administrativas e judiciárias do Tribunal, bem como as então cinco Juntas de Conciliação e Julgamento de Campo Grande.


m 28 de setembro de 2012, o TRT da 24ª Região inaugurou a sua nova sede, que conta com 17 mil metros quadrados construídos, localizada à Rua Delegado Carlos Roberto Bastos, 208, no Jardim Veraneio, ao lado do Parque dos Poderes, próximo a uma reserva florestal na Capital. O prédio foi dividido em sete pavimentos e seu projeto prima pelos recursos de sustentabilidade, acessibilidade e de informática e está adaptado para o processo judicial eletrônico.